23/05/16

TAG: Doenças Literárias


E mais uma semana se inicia. o/
Espero do fundo do meu coração que essa semana seja melhor do que as duas últimas. Estou experienciando o momento de bloqueio criativo e uma bela desmotivação em todas as áreas da minha vida, mas eu simplesmente não aguento mais, então de uma forma ou de outra, tenho tentado voltar a rotina normal!

Bom, o assunto de hoje por aqui é uma tag literária que eu encontrei lá no blog Beco Literário. O nome da tag é Doenças Literárias e o objetivo é bem simples: para cada doença citada, tenho que relacionar com um livro. Então, vamos lá?

Diabetes : Um livro muito doce
Easy. Só depois de ter lido é que eu percebo o quão doce esse livro é. Na época eu me apaixonei pelo personagem e pela história também, então acabei ficando bem apegada ao livro. Mas na real é bem doce e bem  clichê como tudo vai acontecendo. Contudo, leria novamente!

21/05/16

A Maldição do Silêncio - Marcia Kupstas

Eu li esse livro no começo da minha graduação, lembro até hoje o dia que eu encontrei ele dentro da Nobel lá na galeria da Faculdade. Li a sinopse atrás e fiquei encantada, voltei no outro dia e comprei a fofura, o último exemplar da loja. Nunca tinha ouvido falar no livro e nem na autora, até hoje, não vi nenhum comentário sobre e é uma pena, pois A Maldição do Silêncio é um livro que todos deveriam ter em casa.

O livro é sobre amizade, sobre desafios, sobre os valores da vida. É sobre morte também, e sobre como deixar a vida do outro um pouco mais confortável de se viver. É emocionante, é triste. É tocante! Lembro que terminei a leitura com o coração na mão, porque desde o início você sabe o que vai acontecer, mesmo não desejando isso.

19/05/16

No Escuro - Elizabeth Haynes


Defino este livro em apenas uma palavra: INTENSO!

Quando li resenhas sobre e decidi comprá-lo, não tinha ideia de onde chegaria a história narrada por essas mais de 300 páginas. E a cada linha que eu lia não conseguia imaginar algo que pudesse ir piorando, e eu sempre me colocava no lugar da personagem principal só para tentar imaginar um rumo diferente.

Pois é, No Escuro é realmente arrebatador. Eu não me recordo de ter lido algum livro nesse estilo, sufocante. Não me entendam mal, o livro não é ruim, pelo contrário é muito bom, porém a forma como vão ocorrendo as coisas e a forma como a personagem principal vai lidando com essas coisas, isso é sufocante. Sofri junto com ela. Haha.

Demorei um pouco para ler este livro, acho que como todos os outros que eu invento de começa a ler em semanas de provas, mas quando retomei a leitura e vi que faltava pouco para fim, "devorei" o livro. E sem dúvidas o final é imaginável, pelo menos pra mim, pois eu estava achando que ela viveria nesse suspense pelo resto de sua vida. Pera, vamos ver a sinopse pra vocês entenderem melhor sobre o que eu estou falando....

18/05/16

Prólogos e Finais


É tão bom inciar coisas. Começar a leitura de um livro novo, iniciar uma série nova, uma nova etapa de vida, um novo costume alimentar. É sempre tão bom inícios.
Mas melhor do que os inícios são os finais.

Sabe aquela sensação de dever cumprido? De que tudo o que precisava ser feito, você fez e agora pode descansar em paz? Pois então, há muito que eu não sinto essa sensação. Concluir uma leitura não tem sido suficiente, ultimamente.

Esses dias eu me peguei falando a seguinte frase: "eu preciso terminar algo na minha vida". Me assustei um pouco quando terminei de falar, e percebi o quanto aquilo era verdade e fazia sentido na minha vida. Tudo está inacabado. Eu estava me referindo a uma série, mas se encaixa em outras situações da minha vida. Não é só uma série que está inacabada, muito menos uma leitura. Há amizades que estão em hiatus, há sonhos, projetos e metas que também estão em hiatus. Eu estou em hiatus, pausada em uma cena que travou.

Eu costumo pensar que a organização da nossa vida segue de acordo com a organização do nosso guarda roupa! Mas adivinhem, meu guarda roupa está super organizado, mas a vida ainda me parece um pouco perdida, um pouco bagunçada. Não sei o que estou fazendo, se é certo ou errado, se vai ser bom ou ruim futuramente. Eu estou me deixando levar, mas não sei se estou 100% feliz com o resultado. Ainda me incomoda muito o não ter controle.

Bom, por algum lado eu preciso iniciar tantas coisas inacabadas. Decidi então começar pelos livros e pelas séries, amanhã pegarei as amizades, e aos poucos vou tentando organizar essa bagunça aqui dentro!

Design e Desenvolvimento por Bruna Leite