02/08/2014

A Estrada da Noite - Joe Hill


Judas Coyne é um cinquentão e uma lenda do rock que coleciona objetos macabros. Sua curiosidade mórbida é despertada por um anúncio de leilão na internet, um paletó à venda. Mas não é um paletó comum, é o paletó de um fantasma.
Ele então resolve aumentar sua coleção e adquire o paletó. Assim que o objeto chega em sua casa, dentro de uma caixa preta em formato de coração, coisas estranhas começam a acontecer e Jude se vê assombrado por um velho fantasma.

O espírito é de Craddock McDermott, padrasto de uma fã que cometeu suicido depois de ser abandonada por Jude. A intenção do fantasma é clara, Judas Coyne tem que pagar pelas coisas que fez a jovem Anna, e o preço para isso é a morte.
Jude faz de tudo para acabar com a situação, até mesmo queimar o paletó, mas já é tarde demais. O fantasma pertence à ele agora.

Com a companhia de sua namorada gótica, Marybeth, e de seus dois cachorros, Jude cai na estrada à fim de encontrar uma saída, e com isso vê-se enfrentado seu infeliz passado.

O começo deste livro me deu muito medo, a ponto de eu só lê-lo durante o dia. A história só se desenrola à partir do momento em que Jude pega suas coisas e cai na estrada, a fim de ir atrás de quem lhe vendeu o objeto, a irmã de Anna, e isso só ocorre na metade do livro.
Por esse motivo e pela diagramação do livro, achei uma leitura interminável. Fora esses detalhes, o livro é assustadoramente bom. Joe Hill, autor e filho do Stephen King, mostrou que se sai bem quando o assunto é terror e suspense.

Nota: 3/5
Editora: Arqueiro
Páginas: 254
Autor: Joe Hill
ISBN: 978-85-99296-13-4

P.S.: Galera, essa é uma resenha pessoal, feita através do meu ponto de vista referente ao livro. Isso não significa que você terá a mesma opinião que a minha após ler este livro! Obrigada (:

Espero que tenham gostado, até a próxima ♥

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Design e Desenvolvimento por Bruna Leite