05/02/2015


É eu sumi, eu sei. E eu mudei.
Tem certas coisas na nossa vida que não desejamos que mudem. Como por exemplo, mudar de escola, de cidade, de amigos. Mas há mudanças que são inevitáveis, e que acontecem sem ao menos percebermos. Quando como paramos de usar certas roupas ou de gostar de certas bandas ou comidas.

O ponto em que quero chegar é o seguinte: eu mudei. Não foi porque eu quis, mas porque houveram situações que me levaram a esta mudança. Mudei minha função no local onde trabalho e consequentemente mudaram-se alguns pensamentos e objetivos na minha vida, o lado emocional da coisa foi o que mais sofreu alterações, e isso tem afetado várias partes da minha vida.

O que eu quero dizer é que eu estou com dificuldades de me encontrar por aqui, no blog. Estou sem criatividade e sem animo para procurar coisas novas e trazer aqui, e até minhas leituras andam meio paradas (mais do que o normal). Semana passada cogitei a ideia de fechar isso aqui de vez, mas depois fiquei pensando no quanto eu sentiria falta.

Por isso peço a vocês, caros leitores(as), um pouco de paciência, para que eu reveja minhas ideias e objetivos relacionados ao blog. Desde já, eu peço desculpas, mas como diria Raul Seixas, "eu prefiro ser essa metamorfose ambulante (...)", do que levar essa parte da minha vida de forma desleixada.

Obrigada e até a próxima

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Design e Desenvolvimento por Bruna Leite